História

A hoje Pedro do Rio era, um ponto de encontro de tropeiros, que ali paravam para negociar cachaça, pólvora, fumo, rapadura e para alimentar seus cavalos, A localidade também era conhecida por Caminho do Ouro. Como existiam dois Pedros que negociavam com os tropeiros, para diferenciá-los, deram a um o nome de “Pedro do Alto”, tendo em vista que aquele morava no Alto do Pegado; e ao outro o nome de “Pedro do Rio”, pois este morava nas margens do Rio Piabanha.

O crescimento comercial da região começaria a se implementar com a construção, da estrada mais antiga do país: a União e Indústria. Na região de Pedro do Rio foi criada uma estação dotada de vários armazéns para o depósito de gêneros, fazendo com que ali surgissem também hotéis e estrebarias.

Em 1894, figuras da localidade se uniriam para iniciar a construção da Capela de São Pedro, padroeiro do então povoado. Foi instituída uma comissão para organizar os trabalhos. A capela foi ampliada em 1903, quando foi realizada a primeira missa campal celebrada em Pedro do Rio. Mas a capela durou apenas 56 anos, visto que em 1959 ela foi demolida para construção da atual Matriz de São Pedro.

A educação começaria a se desenhar na localidade com a criação de uma escola pública feminina, dirigida pela professora Augusta dos Santos. Em 1900, criou-se uma escola mista.

Pedro do Rio contou também com seu próprio jornal. A Folha, criado em 29 de junho de 1945, cobria a vida cultural e os acontecimentos de maior relevância da Vila de Pedro do Rio. O lugar foi também o preferido por pessoas que merecem destaque no cenário político, social e cultural de nosso país.

Hoje, a economia de Pedro do Rio, baseia-se na agricultura. E o distrito também conta com uma grande indústria, a primeira fábrica do segundo maior grupo de produção de cerveja do Brasil, a Cervejaria Itaipava, do Grupo Petrópolis.

Pedro do Rio apresenta lugares monumentais, com vales e montanhas que encantam com sua exuberância. Fazendas e terras em áreas rurais com belezas naturais onde a natureza está em primeiro lugar.

Logotipo

Buscar a história e junto representar o presente. Esse foi nosso pensamento para o desenvolvimento da logomarca do bairro Pedro do Rio.
A hoje Igreja Matriz São Pedro, construída em 1894 como Capela, em homenagem a São Pedro, padroeiro da localidade. Ela foi nossa inspiração.

• A arquitetura da Igreja Matriz de São Pedro, representando o passado e o presente;
• A extensa área verde da localidade e suas belezas naturais.

Nas cores, o contraste entre o leve e o marcante formam um aspecto limpo e agradável. A tagline “Caminho do Ouro” remete diretamente à toda herança história do bairro.

Fotografias